Capítulo 1

 

Tiago, servo de Deus e do Senhor Jesus Cristo, às doze tribos dispersas entre as nações: Saudações. Meus irmãos, considerem motivo de grande alegria o fato de passarem por diversas provações, pois vocês sabem que a prova da sua fé produz perseverança. E a perseverança deve ter ação completa, a fim de que vocês sejam maduros e íntegros, sem lhes faltar coisa alguma. Se algum de vocês tem falta de sabedoria, peça-a a Deus, que a todos dá livremente, de boa vontade; e lhe será concedida. Peça-a, porém, com fé, sem duvidar, pois aquele que duvida é semelhante à onda do mar, levada e agitada pelo vento. Não pense tal homem que receberá coisa alguma do Senhor; é alguém que tem mente dividida e é instável em tudo o que faz.  ( Tiago 1:1-8)

Ao ler qualquer carta, a pergunta que surge em nossa mente é: quem foi o autor da carta? Há vários homens chamados Tiago que são mencionados no Novo Testamento: Tiago, irmão de João e filho de Zebedeu (Mat 10:2, Mr 15:40, At 12:2 );  Tiago, filho de Alfeu, outro dos doze discípulos (Mat 10:3) e Tiago , o pai de outro apóstolo Judas ( Lc 6:16).

Continuar lendo

Capítulo 2

 

Meus irmãos, como crentes em nosso glorioso Senhor Jesus Cristo, não façam diferença entre as pessoas, tratando-as com favoritismo.  (Tiago 2:1)

Antes de continuar com a exposição da carta, é importante enfatizar algumas verdades que vimos até aqui. A intenção de Tiago, ao escrever essa carta,  é fazer com que você se examine e veja se realmente é um crente. Ele nos dá uma série de testes para ver se temos a fé viva.

O primeiro teste foi como você reage à provação; o segundo,  como você reage à tentação ;e o terceiro ,como você reage à palavra de Deus. Nesse capítulo em particular, o teste é: você age com favoritismo? Continuar lendo

Capítulo 5

Ouçam agora vocês, ricos! Chorem e lamentem-se, tendo em vista a miséria que lhes sobrevirá.
A riqueza de vocês apodreceu, e as traças corroeram as suas roupas.
O ouro e a prata de vocês enferrujaram, e a ferrugem deles testemunhará contra vocês e como fogo lhes devorará a carne. Vocês acumularam bens nestes últimos dias. (Tiago 5:1-3)

No capítulo 4, Tiago falou sobre o homem soberbo, que se acha senhor do tempo e vive para os lucros sem considerar a vontade de Deus. Nesta parte, Tiago denuncia a vaidade dos ricos que acham que a vida consiste em acumular bens. O convite feito para que haja “choro e lamento” é frequentemente usado pelos profetas para descrever a reação dos perversos quando chegar o dia do Senhor. (Is 13:6, 15:3; Am 8:3)

Qualquer leitor desta carta, poderá perceber que Tiago gastou boa parte de sua tinta falando contra os ricos. Não devemos pensar que ser rico é uma coisa má. Não é errado ter dinheiro, desde que ele não tenha você. O que Tiago condena em sua carta é o mau uso das riquezas.

Continuar lendo