Capítulo 28:18-20

A grande comissão 

Quero refletir sobre a grande comissão .  Mas sinto que é preciso começar refletindo sobre a grande omissão. Estamos, aos poucos, deixando de fazer o principal porque temos  concentrado os nossos esforços no trivial.  Fazer discípulos ou fazer missões virou um departamento da igreja, algo que os evangelistas e missionários devem fazer. Um crítico disse: ” o estado da igreja é de sentar , chorar e morrer.

Sei que as críticas são ácidas, mas está claro como a luz do dia que  igreja de hoje se parece mais com um clube social do que com um bote salva vidas. Nos transformamos em membros desse um clube que pagam um líder para que ele, e não nós, faça o evangelismo. E este líder precisa ter um bom curriculum , caso contrário a igreja não o aceitará.

É triste falar isso, mas estudos mostram que 90 a 95% dos crentes nunca levaram alguém a Cristo. Me refiro ao processo de  abordar alguém para falar de Cristo e, após a conversão dela, vê-la sendo batizada. Infelizmente tem algo errado.

Antes de continuar a exposição bíblica, é necessário ler o capítulo 28, versículo 6, que diz: “Ele não está. Foi ressuscitado, como havia dito”. É preciso ter esse fato em mente. Antes de falar sobre a grande comissão, é preciso manter em nossas mentes que o Cristo que ordena a missão não está morto! Essa é a base para a nossa missão. Ele não está morto! Então , por que a comissão é grande?

1 – A grande comissão é grande porque a autoridade de Jesus é grande.  

18 Então, Jesus aproximou-se deles e disse: “Foi-me dada toda a autoridade nos céus e na terra.

Nos evangelhos, é possível perceber que Jesus tinha autoridade para expulsar demônios, curar, perdoar pecados e controlar a natureza. Mas aqui, é dito que ele tem TODA autoridade. A palavra autoridade significa direito de usar o poder. Jesus agora tem todo o direito de usar o poder dele. Outro aspecto que deve ser levado em conta, é que Jesus cumpriu a vontade de Deus e, por isso, todo processo se cumpriu. Ao falar sobre autoridade nos céus, Jesus está mostrando que todos os anjos, arcanjos , querubins , devem obedecê-lo. Ele também acrescenta: “na terra”. Todo líder, governo, todo sistema que há no mundo, está sob o controle de Jesus. Jesus é aquele que tem o direito de usar o poder dele para fazer o que quiser.

Imagine você que um motorista estaciona em um lugar proibido. Você então diz: “tire o seu carro daí.” Ele vai dizer, a é? E por que? Você diz: “porque eu estou falando.” Bem, ele vai rir da sua cara ou te bater. Você não pode mandar alguém fazer algo desse tipo se não tiver autoridade.

Jesus não poderia dar ordem a todos os seus seguidores se ele também não tivesse autoridade. Então, você percebe, quão importante é a autoridade  de Jesus quando se trata da grande comissão.

2 – A grande comissão é grande porque a missão é grande.

19 Portanto, vão e façam discípulos de todas as nações, 

A conjunção” portanto” é conclusiva: “por causa do que eu disse” , vão. Jesus, em outras palavras, estava dizendo : “agora que vocês sabem que eu controlo tudo e que nada vai acontecer fora da minha vontade, vão. Nenhum demônio, nenhum governo, ninguém poderá fazer algo contra vocês sem que eu permita. Vocês podem ir e fazer discípulos.”

Vão e façam discípulos. O que é que estamos fazendo? Parece que a igreja ainda não entendeu este texto. Jesus não disse: “vão e façam cultos”. “Vão e façam shows”.”Vão e montem um lindo coral na igreja!” Mil vezes não!

A palavra vão, aqui,  é muito interessante. No grego, a tradução literal seria: ” indo”. Acho muito interessante pensar nisso. O que Jesus está dizendo é: não importa onde você vai , seja viajar de férias, seja visitar amigos, seja comprar algo…Enquanto você estiver indo, vivendo e fazendo suas atividades diárias, faça discípulos. Ensine as pessoas sobre o que eu lhes ensinei. Fale a verdade sobre o céu, sobre a vida, a morte, sobre o juízo e sobre a graça de Deus. Enquanto estiverem indo, façam isso!

E sobre fazer discípulos , qual tem sido a realidade da igreja quando o assunto é fazer discípulos?

Na maioria das igrejas, a congregação paga o pastor para pregar, ganhar o convertido e ajudar o salvo, enquanto os membros, da igreja atuam apenas como torcedores ( se estiverem animados), ou então, como mero espectadores. Os ” convertidos” são ganhos, batizados e aceitos como membros, para depois se juntarem aos espectadores. Esta igreja cresceria muito mais rapidamente, e os cristãos seriam muito mais fortes e felizes, se discipulassem uns aos outros. ( Warren Wiersbe)

Lembro-me de história de um empresário que investiu 4 milhões em uma fábrica de sapatos. Após um ano, ele foi visitar a fábrica. Quando chegou , o gerente disse: “temos tudo aqui. Computadores de última tecnologia, equipamentos de última geração, sala de ginástica, um ótimo site etc . As pessoas estão cansadas de tanto trabalhar e temos até um psicólogo que nos ajuda a lidar com o stress. Em fim, estamos muito ocupados.” O empresário olhou para ele e disse: “não me importo se vocês estão cansados . Quero saber quantos sapatos vocês produziram?” O gerente olhou para ele e disse: ” bem, ainda não produzimos nenhum.” Por fim, o gerente foi demitido…

Imagino que quando Jesus  olha para igreja ele faz a mesma pergunta . Não me importo com  os seus eventos, quero saber quantos discípulos vocês fizeram. Eu deu o meu sangue para que pessoas pudessem ser salvas. Paguei um alto preço. Onde estão os discípulos?

” Façam discípulos.” Note que os discípulos não nascem prontos é preciso fazê-los. É preciso ir até eles. Mas não temos visto novos convertidos se juntarem à igreja e os números revelam a nossa falta de prioridade em relação aos não crentes. Quando a igreja exala discípulos, inala convertidos” Maylon Moore. Como isso é verdade. Temos muitos cristãos e poucos discípulos. Lembre-se que a palavra cristãos( pequenos cristos) foi um apelido dado aos crentes do primeiro século. “E ouviram os apóstolos, e os irmãos que estavam na Judéia, que … e em Antioquia foram os discípulos, pela primeira vez, chamados cristãos.” (At 11:26)  O problema no Brasil, penso, é que temos muitos cristãos e poucos discípulos e, por isso, muitas igrejas não tem crescido. Mas Jesus disse aos discípulos: Vão e façam. Esse foi o  último desejo do mestre.

“De todas as nações”.

De toda as etnias, não importa o grupo. A nossa missão é grande. Claro que devemos entender que Jesus não deseja que igreja converta , cristianize ou tente mudar o mundo. Essa não é a missão da igreja. A missão da igreja é  formar discípulos para que estes possam sair pelo mundo e influenciar-lo de forma poderosa.  Então, de acordo com o texto, devemos pensar em discipulado numa perspectiva mundial e não local apenas.

“batizando-os em[a] nome do Pai e do Filho e do Espírito Santo, 20 ensinando-os a obedecer a tudo o que eu lhes ordenei.”

O ideal  e o correto seria que cada pessoa que você discipular , você mesmo pudesse batizar e não o pastor. Por que ? Porque a ordem foi dada a discípulos aos  pastores. Cada crente tem o dever de ir por todo o mundo, e , talvez até se mudar para uma região em que não há igrejas. E lá, você poderá  formar-los e batizá-los. Sobre o batismo, é bom ter em mente que a água não é a transformação, mas representa a transformação. Você foi pregou e a pessoa foi transformada, agora ela será batizada( POR VOCÊ) como uma prova pública de que ela agora segue a Jesus. É isso que significava nos tempos de Jesus.

O nosso dever como igreja é ensinar. E ele diz ensinar a obedecer o que ele ORDENOU e não o que ele sugeriu. Temos de ir além do evangelismo e ensinar aos novos convertidos sobre o dever inclusive de fazer OUTROS discípulos. Muitos cristão se contentam apenas em colocar o novo convertido no rol de membros e batiza-los. Mas não podemos para por aí. É preciso motivar o novo convertido para que ele também possa gerar outros convertidos!

3 – A grande comissão é grande porque a promessa de Jesus é grande. 

E eu estarei sempre com vocês, até o fim dos tempos”. 

Jesus não é do tipo que manda e depois diz: agora se vire. Pelo contrário! Ele manda e ao mesmo tempo vai junto.

Jesus estará com você em momentos de solidão, quando a depressão o visitar, quando o desanimo bater a sua porta. Ele estará com você quando você for rejeitado pelas pessoas as quais você tentará discipular.

A presença de Jesus é algo que nos conforta. Ele não diz que estará com você somente  se você for santo o tempo todo, ou se você fizer a vontade dele o tempo todo. Não, ele diz que estará sempre. Independente de seus vacilos ou frustrações.

E ele nos garante que estará até o fim. Veja haverá um fim. Essa perspectiva deve nos motivar. Devemos viver o presente á luz do fim dos tempos, da eternidade. Gosto de dizer que você está a uma batida de coração da eternidade. Faça discípulos enquanto ela não chega para você!

  Algumas lições a considerar

1 – Esta semana , você vai abordar alguém e se oferecer para ir na casa dessa pessoa para orar com ela e ler um texto da palavra.

2 – Discipulado não é uma questão de gostar, é uma ordem. Só obedece quem tem juízo.

3 – Discipular alguém não é simplesmente transmitir  informações, mas transmitir vida. Se for alguém rebelde, o seu discípulo provavelmente será. Se tiver problemas de caráter, ele também terá. Cuidado!

4 – Temos o dever, de acordo com o texto, de fazer de discípulos em todo o mundo. Enquanto nós formamos pessoas para Cristo qui no Brasil, enviamos missionários  para que façam discípulos em outros países.

5 – Se você nunca levou alguém a Cristo, talvez você mesmo nunca tenha ido até Ele de verdade. É preciso pedir a Deus que converta o seu coração para que você possa converter o coração dos outros.

6 – Sua igreja só vai crescer quando cada membro sair do indiferentismo e começar a ir atrás das pessoas.

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s